Médica Endocrinologista – O Retorno

Gente!!!!!! Que médica é essa??????

Nunca me senti tão bem conversando com alguém, nunca me senti aceita, acolhida, segura para falar qualquer coisa como me senti com ela.

Na primeira consulta, cheguei como tenho que ir (H), e acabo ficando bem fechado, não me sinto à vontade e acabo me fechando um pouco, juntando com toda minha vergonha já viu né.

No retorno, quando levei os resultados dos exames (a propósito, tenho saúde pra dar e vender…kkk), apenas minha testosterona estava muitooo baixa (até para mulheres) e meu estradiol estava meio alto, ela disse que não precisava fazer nada (nem cogitou repor minha testosterona) e conversamos por uns 40 minutos.

Durante a conversa ela disse que podia ver quem eu sou, porém ela disse uma verdade, hj estou em cima do muro, eu quero o melhor dos dois mundos, mas não posso ter e preciso escolher somente um deles.

Realmente, ela esta certa, quero escolher mas tenho medo da escolha errada, uma das escolhas é mais fácil pra todo mundo e acredito que seria a mais difícil pra mim, já a outra opção é difícil pra mim tbm, mas acredito que é o certo, porém pode ser devastador para as pessoas ao meu redor.

Já tem uns 10 anos que faço tratamento com psiquiatra, porém nunca contei o real motivo dos meus problemas, por isso nunca evolui no tratamento, nunca encontrei alguém que confiava em conversar sobre isso.

Por mais que eu queira, se escolher assumir quem sou, não será possível manter meu noivado, já conversei sobre isso com a Carla, choramos muito e não sei o que fazer. A Dra. me aconselhou resolver e comunicar logo a Carla, pq assim ela pode seguir com sua vida com quem ela achar melhor, realmente não sei o que fazer.

Nisso perguntei se seria melhor mudar para um psiquiatra e contar tudo, ela disse “com certeza” e me recomendou um médico e uma médica, ele é coordenador de um grupo de pesquisa da USP sobre esse assunto, mas não consigo conversar sobre isso com um homem, então disse que iria na médica, quem sabe agora eu consigo falar tudo.

Bom, depois disso, começamos a falar de unhas, esmaltes, roupas…kkkk, não aguentei e comentei com ela que a Carla me proibiu de sair de casa com uma calça legging que gosto de usar pra caminhar (é mais confortável), seria machismo por parte da Carla?? Parece que aqui em casa os papeis são invertidos, ela que me proíbe de usar certas roupas 🙁

Antes de ir embora perguntei “Dra, posso tomar um bloqueador de testosterona pelo menos”, ela respondeu que era melhor não no momento, pois a minha já estava muito baixa, mas disse para eu decidir o que quero e se daqui 6 meses eu ainda quiser isso, ela vai fazer todo acompanhamento.

Bom, fazem 32 anos que quero isso, acho que em 6 meses não vou mudar quem eu sou, então em fev de 2019 vamos ver….kkkk

Quando fomos nos despedir, nos abraçamos, um abraço forte e carinhoso, meu, nunca me senti tão bem, aceita, não queria sair daquele abraço.

Resumindo, foi a melhor médica que já fui, se todos fossem iguais a ela, nem isso, se fossem metade da pessoa que ela é, seria perfeito!